Login to your account

Username *
Password *
Remember Me

 

 
  • Ad Content Top 02 - Damasio
  • Ad Content Top 04 - Uniellas

OAB Santo André promove palestra e lançamento de livros

Mai 11, 2018

Na noite desta última quinta-feira (10/05), a 38ª Subseção, sob a presidência do advogado Roberto Gonçalves, promoveu por meio da Comissão de Meio Ambiente, presidida pela dra. Rosa Ramos (conselheira Seccional), a palestra "Energia Livre", ministrada por Boris Petrovic, considerado o sucessor de Nikola Tesla) . Precedendo a apresentação, foi realizado o lançamento do mais recente trabalho da escritora e também advogada Ana Maria Stoppa com foco no meio ambiente “O Tatu Teotônio em Busca do Planeta Perfeito” e também da nova edição da obra "O Rio Que Era Doce", que retrata a tragédia de Mariana (MG), esta, destinada ao público infantojuvenil.

Além de técnica, a palestra foi também acadêmica e social. O palestrante Boris Petrovic (cientista e pesquisador do Sistema Integrado da Terra e filósofo noosférico. É engenheiro de sistemas de teleautomação, e parente do cientista Nikola Tesla, tendo estudado com profundidade a camada de magnetosfera da Terra, a ionosfera e a reconexão magnética; Pesquisador na área de Eletroeletrônica, em especial no Tesla World System; membro de diversos institutos de pesquisa, dentre eles o Instituto de Tecnologias Sustentáveis Nikola Tesla, no qual preside), seguindo estas ideologias, abordou toda a teoria da tecnologia desenvolvida por Nikola Tesla e como ela pode ser aplicada desde usinas para geração de energia elétrica até conexão com outras dimensões espaciais.

Boris explicou as pesquisas que o Instituto está realizando sob seu comando: pesquisa de novas tecnologias energéticas e novas fontes de energia; pesquisa de tecnologias de energia sem fio; implementação de projeto de teste do sistema planetário de Tesla; e implementação de tecnologias de ativação do campo energético terrestre. "O desenvolvimento da humanidade se deu até hoje pelo progresso tecnológico. A nova era da informação coletiva está baseada no trabalho e visão de Nikola Tesla para transmitir energia até localidades mais distantes do planeta", explicou Boris, que complementou: " Nikola Tesla, com mais de 300 patentes, fundou o mundo de hoje. Por exemplo, quando ligam a luz em suas casas vocês usam pelo menos quatro patentes dele: a corrente alternada, o campo magnético rotativo, geradores de corrente alternada e transformadores de alta potência".

Segundo o palestrante, o Institulo Nikola Tesla também tem desenvolvido cursos e certificação para cooperativas rurais e pequenos produtores agrícolas sobre o uso de energias renováveis. "Nossa meta é aplicar tecnologias sustentáveis nas zonas rurais e urbanas com menor impacto ambiental possível, dentro do paradigma de Noosfera e proteção de riquezas da biosfera planetária", observou. 

Bóris ainda fez previsões para o desenvolvimento e uso dos métodos de ressonância por onda guiada para transmissão de energia elétrica, que pode ser assim resumidas:

- Será criado um sistema global de energia solar que irá gerar energia elétrica, hidrogênio combustível e aquecimento para cada pessoa;

- Instalações e transmissão de ar serão substituídas por sistemas de ondas guiadas subterrâneas;

- Fonte de energia de naves no espaço e transmissão de energia elétrica para objetos móveis na Terra feita por métodos sem fio;

- As naves espaciais serão lançadas da Terra utilizando propulsão elétrica. Eles terão uma proporção de massa de carga útil ao lançamento de 80 - 90%, ao invés de 5% de hoje;

- Utilização de métodos de ressonância para o tratamento médico de pessoas e animais, para a eliminação de ervas daninhas (no lugar de pesticidas), para tornar a água potável e desinfecção de resíduos.

Cursos desenvolvidos pelo Instituto: Nikola Tesla e visão de energia livre; Fontes alternativas de energia - Inovação tecnológica; Mundo sem petróleo e veículos elétricos; Cooperativas e independência energética; Biosfera e inovação nos sistemas de vida no futuro; Tecnologias da consciência; e Bioeletrografia aplicada e diagnóstico do campo da energia humana.

"Para nós que atuamos na área do Direito Ambiental, um setor que despontou não tem muito tempo, cerca de três décadas, acreditamos que diversos temos ainda necessitam de pessoas que se aprofundem nas áreas dos recursos naturais. E energia é um deles. Energia é um bem ambiental e que não foi consagrado ainda na Constituição (consta água, ar, solo e não é citada a energia). A área de Ciência Jurídica tem muito a caminhar ainda nessas descobertas e, principalmente, na questão de regulamentos específicos para diversas áreas ambientais", finaliza a presidente da Comissão de Meio Ambiente, Rosa Ramos.

Livros com foco no Meio Ambiente

A escritora Ana Stoppa, também ambientalista, ativista cultural e Diretora de Ação Social da 38ª Subseção, é idealizadora de um projeto voluntário para incentivar a leitura desde o ano de 2012. Stoppa possui 29 livros publicados, sendo 17 deles com ênfase no meio ambiente (animais, uso racional da água, não à caça e pesca descontrolada, cidadania, vida saudável, cooperação, amizade, organização, conscientização ambiental etc.), todos direcionados para os públicos infantil e infantojuvenil. Por meio deste projeto, a  autora já levou gratuitamente mais de 62 mil livros para crianças de escolas públicas (municipais e estaduais) do Brasil e do exterior (Portugal, Itália, Angola e Moçambique), somando 118 escolas visitadas.

Os lançamentos das duas obras da advogada e escritora marcam a importância de levar o tema "Meio Ambiente" para crianças e adolescentes nos dias atuais. "O meu trabalho, voltado para a educação, começa com a criança a partir dos 4 anos de idade. Este projeto que levo para as escolas, na verdade, é muito pouco, diante aos que muitos necessitam, mas, se uma dessas crianças receber a semente e perceber que ela é responsável pela saúde do planeta, e que a harmonia também depende muito dela, então acredito que minha passagem aqui foi justificada”, declarou Ana Stoppa.

Compuseram a mesa do evento: Rosa Ramos, Sidnei Roberto L. Muneratti  (vice-presidente da Comissão de Meio Ambiente), Boris Petrovic, Marcelo Carlos Parluto (diretor jurídico da CIESP - Centro das Indústrias do Estado de São Paulo), Cida Ferreira (advogada e presidente do PMDB Mulher de Diadema) e Ana Maria Stoppa.


Última modificação em Sexta, 11 Maio 2018 18:45

Deixe um comentário

  1. Comissões
  2. Notícias
  3. Comentários