Login to your account

Username *
Password *
Remember Me

 

 
  • Ad Content Top 01 - AS Sure
  • Ad Content Top 05 - Sicredi
  • Ad Content Top 02 - Damasio
  • Ad Content Top 03 - Nicnan
  • Ad Content Top 04 - Uniellas

OAB Santo André promove feira de adoção de animais

Jun 12, 2017

Neste sábado, 10 de junho, a OAB Santo André, por meio de sua Comissão de Proteção e Defesa dos Animais, sediou mais uma edição da Feira de Adoção de Animais com a participação da ESPA (Equipe Singulariana de Proteção Animal), do Colégio Singular. O evento ocorreu na sede da entidade e a entrada foi gratuita.

Segundo Simone Resende, presidente da Comissão de Proteção e Defesa dos Animais, a OAB Santo André deu início à feira em outubro de 2016, que é organizada pela entidade e pela ESPA, que fornece toda estrutura. Desde a criação da feira, já foram adotados mais de 100 animais, entre cães e gatos.

Além da feira, a Comissão possui um papel muito importante nas quartas-feiras, em que recebe informações de maus tratos e orientam as pessoas para que mudem de atitude, e melhorem as condições do animal, desde local em que vive, vacina etc.

“Nos caos em que não conseguimos essa mudança de atitude, e que é comprovado maus tratos, encaminhamos para as autoridades competentes”, declara a presidente da Comissão de Proteção e Defesa dos Animais.

A Comissão de Proteção e Defesa dos Animais da OAB Santo André além de ter um papel assistencial e educacional, ainda possui um papel muito importante, “uma vez que tentamos junto à prefeitura e Câmara Municipal, legislação que ajudem nossos animais. Somos a voz desses anjos que não podem falar”, afirma.

Além dessas ações, a Comissão prevê um projeto de realizar palestras de posse e guarda responsável dentro de escolas.

Como funciona a feira de adoção?

A feira é realizada mensalmente na sede da OAB Santo André, na maioria das vezes no terceiro sábado do mês.

Simone Resende explica o processo de organização da feira: “os animais são resgatados pelas protetoras municipais, e a protetora Elizangela é responsável pelo cadastro dos animais. Também, o veterinário da clínica Pet Land passa no início da feira para avaliar os animais”. A presidente da Comissão complementa, dizendo que “os alunos do Singular também fazem o trabalho de posse e guarda responsável e a equipe da Comissão faz o café que é vendido”.

Os animais adultos já vão para a feira castrados e vacinados. Já os filhotes, menores de três meses, o adotante se compromete a castrar e vacinar.

No dia da feira, após a pessoa demonstrar interesse pela adoção, é feita pelos alunos do Singular uma orientação sobre posse e guarda responsável e um termo de Adoção. Caso o adotante não se adaptar à nova família, ele pode ser devolvido para protetora que o doou.

O que acontece com o animal não adotado?

Quando animal não é adotado ele volta para o lar temporário em que estava. As protetoras pagam o lar temporário.

E quando ele é adotado? Há acompanhamento?

Sim. Depois que o animal é doado, a protetora que o doou faz acompanhamento de aproximadamente um ano para verificar se animal está bem e adaptado.

Quem pode adotar?

Para adotar é necessário ser maior de 18 anos, ter a concordância de toda a família e levar comprovante de endereço.

Última modificação em Terça, 27 Junho 2017 17:08

Deixe um comentário

  1. Comissões
  2. Notícias
  3. Comentários